1 planejando o vôo perfeito:

Edilson naquela manha tinha acordado e estava prestes a receber uma mensagem pelo whatsapp quando ficou olhando pela janela.

- Quando é que eu vou poder ser feliz, Será que um dia vou encontrar alguém que me entenda de verdade? perguntou ele assim mesmo não entendendo o que tava acontecendo consigo.

naquele momento então deparou com o telefone em cima da cama e uma foto no porta retrato em cima da escrivaninha, ele não estava apenas sozinho, ele queria emoção para aquele dia e não sabia onde iria encontrar mas quando olhou para o pé de sua cama, percebeu que ele era um piloto de vôo Livre.

- espera! eu posso ter algo melhor do que eu estou tendo, cara porque eu não chamo Rodrigo aqui e a gente combina um voo pela região, quem sabe a gente pode chamar o Yuri, o Iago, o Renato e os outros meninos, assim velho vou poder escrever meu livro, não é que eu tive uma boa ideia? disse ele assim tendo uma start do que poderia fazer naquele dia de sábado que antecede a o dia dos namorados, mas que namorado?

nesse momento ele chorou, não acreditou que estava sozinho e que naquele instante somente ao Poderia lhe trazer alegria de volta, mas aonde estaria a razão de sua vida? nem ele mesmo sabia.

já em outra parte da cidade para ser mais exato bem ao Campo vemos Rodrigo sentado à beira de um rio no que parecia estar pescando, mas espere, ele não está com a vara de pescar nas mãos, ele está assim com GPS nas mãos? e avistamos Rodrigo nú, com seu corpo forte e cheio de músculos, seus olhos pequenos e castanhos escuros e que músculos, Além de vermos um mastro majestoso, não grande, mas que poderia fazer a festa com quem se apaixonasse por ele naquele momento, seria então quem estava chorando no quarto? o rosto de Rodrigo brilhava por causa do suor que emanava de seu rosto e com a agua do rio, ele está diante do pico do calor e decide retirar-se para a sombra pois não queria ficar doente.

- cara, eu não sei, mas estou sentindo que alguem está chorando por mim. Rodrigo estava sentindo que alguem o queria.

ele então sabia que tinha de se vestir porque se há alguem que está afim dele não vai querer que fique se mostrando assim.

ele pegou sua bicicleta e foi voltando para o centro da cidade pois ele queria encontrar alguem que estava chorando por ele e queria cuidar para que pudesse chegar na casa daquele que o ama.

iuri e iago estavam passeando no terminal rodoviário de pato branco que era a cidade onde eles moravam e estavam sentindo que o amigo do apartamento 1102 do jardim alvorada estivesse sozinho e esperando alguem para amar.

- cara, o que vamos fazer? Edilson está triste cara, eu estou sentindo que ele pode fazer alguma coisa. iuri sabia que deveria estar fazendo algo para ajudar o amigo.

- olha iuri, faço de tudo por ele cara, eu quero aquele corpo pra mim cara, quero ser a paixão da vida, vamos fazer de tudo por ele cara. iago estava prestes a dar jeito naquela história.

- vamos cara, a gente tem que fazer algo para ajudar ele porém vamos colocar uma certeza nesse lugar e nessa história e vamos conquistar o coração dele. iuri estava sorrindo andando pela rua da cidade.

eles então foram chegando num prédio de fachada límpida e com um corredor longo, parecia um prédio de luxo, mas era de classe média e eles entraram, seguiram corredor a fora até o elevador e eles subiram e foram até o decimo primeiro andar.

quando então Edilson viu que os rapazes chegaram correu e os abraçaram pois era um dilema para ele e Edílson já tinha uma ideia em mente.

- olha meninos, eu tenho uma ideia para nós, o que acha de irmos ao pico do morro quente? Edilson está muito animado como o dia deles na semana.

então logo Rodrigo adentrou o apartamento correndo e abraçou Edilson que chorou desesperado ao ver aquele rapaz na sua frente.

- eu vim, porque sei que a gente está em sintonia um com o outro e sei que vamos estar juntos para sempre. Rodrigo falou com muito amor para dar.

- que bom que veio, eu estava cheio de vontade de ver vocês para dizer que estou planejando um vôo de parapente do morro quente para o centro da cidade num campo de futebol. Edilson estava prestes a sair para voar.

eles então fixaram a mente naquele dia que poderia ser o vôo perfeito naquela cidade.

Next chapter