1 Eu morri?

Em uma sala de aula barulhenta cheia de alunos conversando uns com os outros, estava um menino com o rosto estóico de 1,85 com um cabelo degradê preto vestindo o uniforme escolar tradicional japonês cinza isolado dos grupos sociais lendo o capítulo 1000 do mangá de One Piece.

Menino:[ (Suspiro), Eu realmente estava colocando muitas expectativas sobre esse capítulo que acabou me decepcionando.] Enquanto o menino comentava consigo mesmo sobre o capítulo 1000 do mangá, um sino tocou simbolizando o fim da aula, todos os alunos pegaram as suas bolsas e caminharam em direção a saída conversando entre si deixando o menino sozinho na sala, vendo essa situação o professor foi em direção ao aluno.

Professor:[ O que você ainda está fazendo na sala Jack? Já está muito tarde, por isso vá embora rapaz.] Ouvindo uma voz em sua direção, Jack olhou e avistou o seu professor de inglês.

Jack:[ Me desculpa Carlos - Sensei, eu estava imerso em meus pensamentos que eu não prestei atenção.] Respondendo o seu professor, Jack pegou a sua mochila e foi em direção a saída, ao chegar na porta ele virou o seu corpo em direção ao seu professor e disse se curvando levemente.

Jack:[ Até a próxima Carlos - Sensei.]

Carlos:[ Até.] Respondeu Carlos vendo o seu aluno indo embora...

(30 Minutos Depois)

Em um por do sol numa estrada vazia, um menino estava caminhando em uma calçada com um fone de ouvido azul no pescoço com uma expressão furiosa, e esse garoto era o nosso protagonista, Jack Horsemam refletindo sobre a sua vida.

Jack:[ (Suspiro), droga de vida de ensino médio, é extremamente entediante, eu gostaria de renascer no mundo de One Piece e nesse mundo eu poderia realmente viver o ápice da minha vida, mas infelizmente isso é impossível (Suspiro), pare da viver no mundo das ilusões Jack e viva a sua vida no mundo real confiando apenas em si mesmo e busque o poder.] Enquanto Jack caminhava na calçada refletindo sobre a sua vida miserável e solitária um raio caiu em sua cabeça, ele só teve tempo para dizer uma coisa.

Jack:[ Fudeu...] O raio desintegrou Jack com uma barulho estrondoso que abriu uma cratera e esse acontecimento atraiu uma grande multidão.

Homem aleatório:[ (Ufa), ainda bem que não atingiu ninguém, pois eu nunca vi um raio tão poderoso na minha vida, se acertasse alguém com certeza não sairia com vida.]

Mulher aleatória:[ Tenho que concordar com você, eu nunca vi um raio abrir uma cratera.]...

Numa vasta escuridão sem fim de um lugar desconhecido para os meros mortais, uma bola de luz branca apareceu iluminando um pouco a escuridão.

Bola de luz:[ Há? Aonde eu estou? Eu morri?] A bola de luz que era Jack se perguntou enquanto olhava a vasta escuridão em sua frente e por um longo tempo ninguém respondeu a sua pergunta.

Jack:[ (Suspiro), o que eu faço agora? Não consigo me mexer, não vejo ninguém e nem sei que lugar é esse, eu só sei que eu morri e talvez esse seja o após a morte.] Enquanto Jack se perguntava um velho causiano com uma túnica cinza e uma longa barba branca apareceu bem na frente de Jack.

Velho:[ Olá, meu Filho.]

Jack:[ Há?? Quem é você? E por que eu apareci aqui?] Jack fez as suas perguntas ao velho em sua frente.

Velho:[ Eu sou o ser supremo, ou o que vocês humanos chamam de Deus, e antes de responder a sua segunda pergunta, eu tenho que me desculpar com você.]

Jack:[ Por quê???] Perguntou Jack ainda mais confuso sobre toda essa situação.

Deus:[ Bom, eu sem querer espirrei e o meu espirro caiu em sua direção em forma de raio.]

Jack:[ (Suspiro), tudo bem, todos nós erramos, só espero que eu entre no céu, afinal eu não fui uma boa pessoa.]

Deus:[ Eu não esperava que você estivesse tão calmo.] Disse Deus com uma expressão de surpresa com o ser humano em sua frente.

Jack:[ Bom, o que tinha de acontecer, aconteceu, então não tem nada que eu possa fazer além de aceitar esse fato.]

Deus:[ Você tem razão. Eu vou responder a sua segunda pergunta, eu gostaria de lhe conceder duas chances em forma de desculpa pelo que aconteceu.]

Jack:[ Quais são essas chances?]

Deus:[ Escolha, queres ir para o céu ou um mundo da sua escolha com 3 vantagens?] Ao escutar o que Deus disse, Jack rapidamente se encheu de alegria, afinal o seu maior desejo era viajar para um mundo de ficção.

Jack:[ Eu posso escolher o universo de one piece?]

Deus:[ Claro, agora escolha os seus 3 desejos.]

Jack:[ Bom, meu primeiro desejo é ser imortal.]

Deus:[ Concedido.]

Jack:[ Meu segundo desejo é poder roubar todas as habilidades, características, poderes, conhecimento de qualquer ser vivo.]

Deus:[ Hmmm, pra que esse desejo seja realizado, eu terei que colocar duas condições.] Disse Deus com uma expressão pensativa.

Jack:[ Qual?] Perguntou Jack temendo que o seu desejo não seja realizado.

Deus:[ Pra que esse desejo seja realizado, eu terei que lhe dar o demônio do pecado da ganância que ficará preso na sua mão direita, mas a desvantagem é que você não vai conseguir entrar mais no reino dos céus e não poderá roubar a força física ou energia vital do alvo, está de acordo?] Depois de uma tempo de silêncio Jack tomou a sua decisão e disse em um tom determinado.

Jack:[ Eu estou de acordo.]

Deus:[ Concedido.]

Jack:[ Meu terceiro desejo é ter apenas uma janela de status e a sua única função é demostrar a minha força em forma de dados e as minhas habilidades aprendidas, e também mostrar o que eu posso roubar.]

Deus:[ Concedido.]

Deus:[ Você gostaria de mudar a sua aparência? E poderia me dizer em qual tempo da história você quer nascer.]

Jack:[ Eu gostaria de ter a aparência do Grimmjow Jaegerjaquez do anime de Bleach e eu gostaria de nascer 11 anos antes de Luffy ir para a sua aventura na vila Shimotsuki no East Blue com a idade de 17 anos.] Assim que Jack terminou de falar, Deus estalou os dedos e Jack sumiu na vasta escuridão.

Deus:[ (Suspiro), meu filho, cresça, aprenda, evolua pra que um dia você possa substituir Lúcifer e comandar o inferno em seu lugar.] Disse Deus enquanto desaparecia...

Next chapter