1 Devaneios

E lá vamos nós! A maquiagem está okay, cabelo também okay, script decorado, roupa impecável, estou pronta para entrevistar mais uma estrela do Rock na maior emissora de música que existe, a MusiTv. Apesar de eu ser nova, já faço isso a uns bons anos, não sinto mais o nervosismo que sentia no início e muito menos vontade de me envolver com algum cara da música.

Todo mundo me pergunta como foi entrevistar o gato do Bonni Julius, como foi ficar frente ao maravilhoso Kris Ford, e eu digo… Foi interessante. Sim, são homens lindos e eu não sou cega… Mas sei como funciona essa industria e tudo que eu quero é ficar longe de músicos. Quero um relacionamento tranquilo, com um contador quem sabe? Vou chegar em casa depois de mais um dia nesse set de filmagem, após receber a décima cantada de um músico em ascensão qualquer, e meu marido vai estar lá fazendo suas… Contas ou seja lá o que um contador faz, ele vai perguntar sobre o meu dia e eu vou contar tudo que passei, ele vai me ouvir pacientemente e depois contar sobre o dia chato dele, vamos comer algo, ir para a cama transar e depois dormir para que tudo se repita...

Parace um tédio eu falando assim, não é? Mas é o meu ideal de relacionamento.

Chegar até aqui sendo uma mulher "atraente" aos olhos dos outros não foi fácil. Eu lutei muito pra provar o meu valor, para provar que eu sou mais do que um rosto bonito e que eu sou uma jornalista de respeito. Nesses 6 anos como jornalista músical, fazendo matérias, entrevistas, cobrindo eventos, visitando camarins, nunca me envolvi com um músico, e não foi por falta de tentativa deles!

Eu já tenho fama de ser aquele tipo de mulher que ninguém consegue nada, uma mulher "difícil", mas eu não quero ser uma mulher difícil, eu sou muito fácil para o cara certo! Só que caras desse meio não são certos.

Ninguém dura com um músico, eles não respeitam seus relacionamentos, eles dormem com qualquer assanhada em suas turnês porque sempre tem um milhão de garotas aos seus pés e eles simplesmente não conseguem controlar seus órgãos genitais.

Eu definitivamente não quero ser mais uma mulher chifruda de músico, eu quero meu contador chato, mas bem, eu não tenho sorte no amor.

Sempre vou para eventos importantes, conheço caras que são bons partidos e vou a caça, mas na primeira viagem que preciso fazer para cobrir algum evento vem as dores de cabeça. Pelo jeito os contadores acham que meu estilo de vida não bate com o estilo deles, já eu acho que o equilíbrio é tudo em um relacionamento.

Meu último relacionamento foi com o Jonas, um cara legal que eu conhecia desde o ensino médio mas que não aguentou o fato de eu perder tantas datas importantes como aniversários por estar trabalhando. Sabe, eu adoraria que meu próximo cara chato me admirasse pela exelente profissional que eu sou! Eu dei duro e muitas pessoas fariam de tudo para atingir meu status profissional.

Eu recebo muitas propostas de outras emissoras, tenho carisma e o público, por algum motivo gosta de mim. Sempre sou escalada para os eventos mais importantes, mas isso tudo veio com muito tempo e esforço, veio depois de eu recusar muito "teste do sofá" para entrar em uma emissora e até ameaças de "você nunca vai ser ninguém se não dormir comigo, eu controlo esse meio"

Como eu disse, ser uma mulher por aqui não é fácil e por isso eu tenho meus princípios e nunca vou deixar meu trabalho em segundo plano por homem nenhum.

Bom, agora chega de devaneios e vamos a essa entrevista.

Next chapter