1 saída de casa

Fernando acaba convidando Jessica para um passeio perto de um lugar que ela nao conhece.

- que tal Jéssica a gente dar uma volta? sorriu ele já dentro do carro.

- nao sei Fernando, eu queria mesmo era poder ficar sozinha com você. Jessica deu uma grande idéia.

- nao senhora, vamos levar a sua mae também, ela precisa se divertir. Fernando olhou para a mae de Jessica que estava linda.

ela arrebitou a cara e quis sair para dentro de casa, ele nao estava entendendo que ela queria só ele.

  mas naquele momento então voltou para a sogra que estava no carro com eles e desejava mesmo que ele fosse somente com ela e mostrou para ele que nao ficava a vontade tendo sua mãe dentro do carro com eles.

- minha filha, eu lhe dei a vida e agora nao quer que eu vá com voces? Sandra olhou para a filha.

- mãe, nao é isso, apenas quero meu marido comigo, apenas isso. Jessica disse que pensava para a mãe.

-  tudo bem, então a senhora tem razão, vamos fazer o seguinte, ninguém vai a lugar algum. Fernando olhou para a mulher e a sogra.

mas naquele momento então Fernando teve a certeza de que Jessica estava falando com ele pois estava desejando sair com ele para um lugar onde pudesse ficar apenas os dois naquele momento e ela não tinha idéia para onde eles iriam.

- então Jessica, se n ao quer  que sua mãe vá com a gente, porque quer ir apenas comigo? Fernando então olhou para ela.

- eu não entendo porque pergunta, não sabe que eu desejo ficar somente com você? Jessica olhou com um olhar bem diferente para ele.

- porque não disse isso antes? agora nem sei onde eu devo levar você. Fernando fez de rogado porque não sabia onde ele deveria ir com ela.

eles seguiram de carro pela estrada de terra onde ninguém nunca ia mesmo e ela teve uma idéia, procurar um rio que ficava ali perto pois ela tinha a certeza de que eles pudessem ficar a sós e que ninguém ia ver nada, porem se lembraram que a sogra estava dentro do carro com eles.

            Fernando começou a fazer coisas que Jessica não gostava como enfiar o dedo na bunda e levar ate o nariz para cheirar, porem ela percebeu a tempo de fazer aquilo de novo.

- Fernando, você quer parar com isso? Jessica estava brava com ele.

- será que ainda não acostumou com isso minha linda? Fernando tentando amenizar as coisas.

- ih que nojo Fernando, daqui a pouco vai querer roçar o cu com o dedo. Sandra estava dando uma emendada como sempre.

-estou quase tirando meu ponteiro para dar uma refrescada. Fernando passou a mão sobre a bermuda.

Jessica engolia seco desejando aquele homem, mas também existia uma outra pessoa que ela não poderia dizer quem era aquela pessoa. eles pararam o carro ali mesmo e foram descendo em meio aos matos que iam ate um rio que ficava ali perto porem não sabia ele ao certo porque ela queria ir naquele lugar.

depois daquele momento então Sandra mergulhou e de repente deu de cara com um pescador que estava diante daquele rio na pescaria que ninguém sabia ao certo de onde ele deveria ter saído e nem porque estava ali pescando, mas ela sentiu nela que alguém estava ali para ela e Fernando sentia que devia chamar o homem para ficar junto deles para fazer companhia a Sandra e a eles também.

- ei senhor, não quer fazer companhia a gente? Fernando percebeu que o homem não se virava.

- não, muito obrigado, estou aqui pescando mas já estou indo para casa. o homem não olhou, apenas riu e um forte odor exalava dele.

Jessica não conseguiu ficar perto dele e Fernando abraçou ela com muito amor, ele a questionou o que tinha contra aquele senhor e ela não quis dizer.

neste exato momento Jessica diz a Fernando que não estava conseguindo ficar perto do homem, mas pode ser que o homem acabou escutando o que ela estava dizendo, mas como se ela sussurrava no ouvido de Fernando? porem Sandra percebeu uma coisa que lhe deixou bem assustada.

- Fernando, eu não quero mais ficar nesse lugar, parece que está bem assombrado hoje, eu quero ir embora daqui. Sandra olhou com bastante medo pois tinha visto algo que a deixou daquele jeito.

- dona Sandra por favor, a gente chegou agora e já quer ir embora? o que a senhora viu? Fernando olhou no fundo dos olhos de Sandra.

- Fernando abre essa cabeça, estou falando a mais de meia hora que esse homem é estranho... ué onde está o homem que estava aqui agora? deve ter ido embora, não é?

- pois deve ter ido, você não para de falar que o homem é estranho, ele deve ter ouvido e acabou indo embora daqui. Fernando olhou para Jessica e reclamou com ela.

de repente então Sandra tomou um susto pois o homem estava atrás dela e fazia carinho nela, Fernando estava sem saber o que fazer, mas quem era aquele homem e o que ele queria com ela? Jessica tentou gritar mas os olhos vermelhos do homem que parecia ter fumado uma acabou fazendo com que ela não falasse nada e nem conseguia correr, então ela desmaiou e Fernando acabou fazendo o que o homem estava o hipnotizando a fazer um filho em Jessica.

o homem então acabou desaparecendo e Jessica não entendia porque eles estavam ali dando o maior amasso, enquanto Sandra se recuperava do susto que tomou e Fernando acordava da hipnose que o homem tinha feito a ele para ficar com Jessica, então ela chorou e ele a tomou em seus braços e a despiu deixando ela somente de biquíni aproveitando aquele dia de sol.

- então, não quer ir tomar banho? a água deve estar bem deliciosa assim como você é. Fernando não percebeu o que dizia.

porem novamente o homem acabou aparecendo na beira do rio e pescava os peixes no rio com a boca e Jessica acabou vendo que o homem parecia um alien pois pescava os peixes com a boca e sua boca abria como se desfizesse seu rosto por completo.

avataravatar